fbpx

Presidência do Rubro analisa a campanha no Gauchão e projeta os próximos passos do clube

Na foto, da esquerda para a direita: Antonio Tambara (1º Vice-Presidente), Lauro Hass (Presidente) e Vilson Hepp (Presidente do CD).

No fim da tarde desta quarta-feira, 28, foi realizada uma entrevista coletiva da presidência do Clube, com a presença dos repórteres no Estádio 19 de Outubro, seguindo todos os protocolos de distanciamento e proteção contra a Covid-19. Estavam presentes o presidente Lauro Hass, juntamente com o primeiro vice-presidente Antonio Tambara e o presidente do conselho deliberativo Vilson Hepp, que responderam perguntas sobre a participação no Gauchão 2021, finanças do clube e a projeção para o próximo ano.

Hass fez uma fala inicial sobre as questões financeiras do clube. “Queremos encerrar este ciclo com tranquilidade, para não termos nenhuma dívida no segundo semestre, e possamos trabalhar com tranquilidade os projetos. Isso é muito importante”, disse. Salientou ainda sobre a Ação entre Amigos, campanha que também vem para contribuir com a busca de recursos para o clube: “O sucesso dessa Ação é fundamental para que a gente consiga terminar esta temporada tranquilo, pagando as contas e planejando o ano que vem”, disse.

Ainda em relação às finanças do clube, o primeiro vice-presidente, Antonio Tambara, destacou o diferencial que seria com torcida presente no estádio: “Com o público, se amplia a receita com a venda de ingressos e vendas nas copas, além da entrada de novos sócios, o que também mexeria em nosso orçamento”, avalia.

Depois, os profissionais da imprensa ijuiense realizaram os questionamentos aos dirigentes do Rubro, quando o presidente Lauro Hass fez a análise da campanha no gauchão. “Os atletas se superaram, fizeram um campeonato que no final ficou aquele gostinho que poderia ter sido mais, também ficaram conscientes disso, que poderiam ter feito mais. Mas o primeiro objetivo foi alcançado, então, dentro da nossa expectativa em relação ao grupo, acabou sendo superada, foram jogos excelentes, faltando em alguns momentos aquele detalhe a mais”, explanou.

Outro assunto abordado na coletiva foi em relação às categorias de base do Rubro, no qual o presidente Lauro Hass fez sua fala direcionada para os próximos anos e colocando alguns pontos importantes: “A categoria de base hoje, dentro do que é exigido pela própria CBF, tem que ter toda uma estrutura. O que a gente planeja e sonha é que o clube se torne no futuro um formador de atletas e, para conseguirmos fazer isso, precisamos de uma estrutura mínima. Estamos tentando junto ao Poder Público o complexo do Sesi, para fazer a administração daquele local e, assim, termos uma estrutura inicial para começar o projeto, este é o primeiro passo. Após ter a estrutura, começaremos com atletas de 13, 14 e 15 anos, iniciando com um grupo de jogadores que serão selecionados, tendo o auxílio das escolinhas da região, que podem servir de base para essa captação de jovens talentos. Vamos ter atletas para aproveitar no grupo principal daqui 3 ou 4 anos, e precisa ser feito desta forma, precisamos profissionalizar o clube também nesta parte”, disse.

Sobre a temporada 2022, o presidente respondeu elogiando a atual comissão técnica e projetando que clube pretende dar continuidade ao trabalho: “A comissão técnica fez um grande trabalho, em especial a preparação física, que teve um grande destaque. A continuidade da comissão técnica é muito importante, um trabalho como esse é necessário dar sequência e iremos fazer todo o esforço para que essa comissão técnica esteja conosco em 2022”, afirmou

Por fim, a presidência do clube aproveitou a entrevista coletiva para pedir o apoio do torcedor do Rubro e da comunidade, que se associe ao clube e participe das campanhas promovidas pelo São Luiz.

Não pare por aqui

Mais para explorar